Venda de ações do BES é suspensa em Lisboa


A negociação das ações do Banco Espírito Santo (BES) na bolsa de Lisboa foi suspensa nesta quinta-feira (10), a exemplo do que tinha acontecido com os títulos da Espírito Santo Financial Group (ESFG), logo ao início da manhã, a pedido da própria empresa, informa o jornal português Público. Segundo a matéria, a decisão de interromper a cotação das duas empresas, que desde há duas semanas já despencou em mais de 40%, indicia que haverá em breve novo fato relevante sobre o Grupo Espírito Santo. O BES esclarece mesmo que se prepara para divulgar novas informações ao mercado.

Ao final da manhã em Portugal, as ações do BES caiam a mais de 15%, totalizando um recuo de 30,6% em apenas quatro dias.

Segundo o jornal, a justificativa da ESFG, que possui 25,1% do BES, para interromper a cotação aponta para “dificuldades materiais” detectadas no Espírito Santo Internacional (ESI), o maior acionista da empresa. O ESI deverá solicitar a intervenção de um gestor de insolvência.

Quando as ações foram suspensas, o índice PSI 20 caia a 4,31%, com todos os títulos no vermelho. As ações da Portugal Telecom, também apanhada no turbilhão que tem envolvido nos últimos meses o grupo GES, já haviam desvalorizado em 4,10%, informa o Público. A queda acumulada nos últimos 30 dias supera a 30%. Ou seja, a operadora já perdeu valor semelhante aos papéis da dívida que comprou da RioForte.

A operadora, que está em processo de fusão com a brasileira Oi, está sob escrutínio das entidades supervisoras dos mercados norte-americano, brasileiro e português devido ao investimento de quase 900 milhões de euros em papel comercial da RioForte, a holding não financeira do GES.

Anterior Nova tecnologia do Bell Labs aumenta velocidade na banda larga
Próximos Cobertura rural: Anatel divulga relatório em dez dias