Vem aí o Joost, serviço Google de TV via internet.


Essa TV combinará compartilhamento de arquivos de software e distribuição regular de programas e o seu modelo do serviço será similar ao do Skype: os usuários baixam software de graça para navegar pelos canais, e escolher os que lhes interessam. A Google promete uma boa qualidade de programação, de imagem e de facilidade de uso, …

Essa TV combinará compartilhamento de arquivos de software e distribuição regular de programas e o seu modelo do serviço será similar ao do Skype: os usuários baixam software de graça para navegar pelos canais, e escolher os que lhes interessam. A Google promete uma boa qualidade de programação, de imagem e de facilidade de uso, sem alguns incômodos como o excesso de anúncios, por exemplo. Em comunicado, a empresa informou que o navegador será baseado no Mozilla (software livre).

Como previsível, o Joost terá concorrência, já que a web está lotada de canais online grátis, compartilhamento de vídeos e serviços de download, como o próprio YouTube, aliás, que é da Google. De quebra, não são poucos os ISPs que esperam deixar para trás os computadores e distribuir vídeo pela televisão com a tecnologia da IPTV.

A distribuição do Joost será peer-to-peer, o que quer dizer que os usuários do serviço vão “contribuir” com um pedaço de sua banda para compartilhar streams de vídeo, ao mesmo tempo em que os baixam para vê-los, permitindo à Google distribuir o Joost em larga escala, a partir de um pequeno número de servidores espalhados pelo mundo. (Da Redação, com noticiário internacional)

Anterior LocaJogos adquire a Jogueagora.com
Próximos AOL compra broker online por US$ 900 milhões