Vem aí o fixo-móvel Embratel-Claro


Até o final deste ano, os usuários corporativos vão contar com mais uma alternativa de serviço fixo-móvel, agora oferecido pela dupla Embratel-Claro, a primeira vez que as duas empresas do grupo Telmex vêm juntas ao mercado (até agora, o combo envolvia a Net e a Embratel). A informação foi dada ao Tele.Síntese, no Futurecom, em …

Até o final deste ano, os usuários corporativos vão contar com mais uma alternativa de serviço fixo-móvel, agora oferecido pela dupla Embratel-Claro, a primeira vez que as duas empresas do grupo Telmex vêm juntas ao mercado (até agora, o combo envolvia a Net e a Embratel). A informação foi dada ao Tele.Síntese, no Futurecom, em Florianópolis, pelo diretor executivo de tecnologia e qualidade de rede da Embratel, Ivan Campagnolli.

“Com a instalação de um servidor de presença na empresa cliente, as chamadas feitas na área são locais”, disse ele, acrescentando que o serviço GSM-Wi-Fi é um produto típico de corporações de grande porte, com matriz e filiais, 500 funcionários e mais, e rede de dados, “sobre a qual necessite de serviços como videoconferência, segurança, gerenciamento e portal, por exemplo”. Será também colocada à disposição do cliente a possibilidade de contratar a gestão dos circuitos contratados, com monitoramento da rede 24×7.

O mercado residencial também será contemplado, mas não de imediato, provavelmente no primeiro trimestre de 2008, contou Campagnolli. “Estamos estudando o modelo de negócios para esse segmento, e avaliando a possibilidade de produção local do MTA (multimedia terminal adapter, uma espécie de modem) com Wi-Fi, o que baixaria muito o custo do terminal de usuário,” ponderou o executivo.

Anterior Fagundes libera TV paga para teles e impõe controle ao Poder de Mercado do programador
Próximos Minicom analisa renovação das concessões de TV