USP e Microsoft vão criar Centro de Estudo de Tecnologia e Sociedade


A Universidade de São Paulo (USP) e a Microsoft assinaram um convênio para a criação de um Centro de Estudos de Tecnologia e Sociedade. A parceria prevê um investimento total de US$ 720 mil por parte da Microsoft no período de 2013 a 2015 e é a primeira iniciativa dessa natureza firmada pela empresa na América Latina.
 

O centro terá caráter multidisciplinar, envolvendo áreas como direito, economia, tecnologia da informação (TI) e ciências da computação. O objetivo principal é produzir estudos sobre temas como o impacto da computação em nuvem nas pequenas e médias empresas, a proteção da propriedade intelectual no segmento de software, a privacidade e a proteção de dados no ambiente digital, entre outros assuntos.
 

Há ainda a intenção de usar o espaço para realização de eventos internacionais, com o intuito de fortalecer o intercâmbio de conhecimento entre acadêmicos de diversos países, principalmente do México e da Índia. O investimento da Microsoft, o terceiro maior desse tipo já realizado no mundo, será usado para a gestão do espaço.

 

“Hoje o ritmo da inovação é cada vez mais rápido, por isso a Microsoft está entusiasmada em concretizar essa parceria com a USP. Esse centro irá estimular que alunos e professores desenvolvem estudos e papers sobre temas relevantes para o país e, certamente, será referência para a sociedade avançar em áreas que colaboram para o desenvolvimento e competividade nacional”, disse Rodolfo Fucher, diretor de assuntos corporativos da Microsoft Brasil. (Da redação)
 

Anterior Anatel abre consulta pública sobre revisão de contratos de concessão
Próximos Proposta altera destinação da faixa de 4,9 GHz para ampliar uso pela segurança pública