UIT fecha parceria para levar m-health para países pobres


A União Internacional de Telecomunicações (UIT) assinou um acordo de parceria com a empresa de saúde Bupa, para colaboração na iniciativa global de mobile health (m -health) chamada “Ser saudável, Ser móvel”. Conforme comunicado, a Bupa e a UIT vão unir forças para proporcionar conhecimentos multidisciplinares, informações sobre saúde e tecnologia móvel para combater doenças crônicas não-transmissíveis (DCNT) , como diabetes, câncer, doenças cardiovasculares e respiratórias crônicas, em países de baixa e média renda. O programa é liderado pela UIT e pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O CEO Da Bupa, Stuart Fletcher, declarou que dos 36 milhões de pessoas que morreram de doenças crônicas em 2008, nove milhões estavam sob a idade de 60 anos, e 90% dessas mortes prematuras ocorreram em países de baixa e média renda. “Através desta parceria, estaremos no centro de uma intervenção sistêmica em cuidados de saúde e ajudar milhões de pessoas a viver vidas mais longas.”

Lançado em outubro de 2012 , a iniciativa visa o desenvolvimento de melhores práticas de m-helath e está previsto para ser executado por quatro anos, inicialmente. Em sua primeira fase, a iniciativa está focada na implantação de intervenções de saúde móveis em áreas como a diabetes, tabagismo, hipertensão arterial, bem-estar e formação dos trabalhadores de saúde. Mais de 25 países já manifestaram interesse em participar. Um programa de cessação do tabagismo através de telefones móveis está em andamento na Costa Rica. (Da redação)

Anterior Cellebrite lança central de diagnóstico remoto para celulares e smartphones
Próximos Marco Civil: Governo já admite alterar artigo da neutralidade