UIT deverá ratificar freqüência para 4G em outubro


O próximo encontro da UIT (União Internacional das Telecomunicações),que acontecerá em outubro em Genebra, deverá ratificar a freqüência de 450-470 MHz para a IMT Advanced, tecnologia considerada a 4ª geração de telefonia celular (4G). Esta é uma das avaliações de Francisco Giacomini, diretor de relações governamentais da Qualcomm, feita hoje, 21 de agosto, durante o …

O próximo encontro da UIT (União Internacional das Telecomunicações),que acontecerá em outubro em Genebra, deverá ratificar a freqüência de 450-470 MHz para a IMT Advanced, tecnologia considerada a 4ª geração de telefonia celular (4G). Esta é uma das avaliações de Francisco Giacomini, diretor de relações governamentais da Qualcomm, feita hoje, 21 de agosto, durante o 11º Econtro Tele.Síntese, da Momento Editorial, que está debatendo “Os Desafios Regulatórios na Prestação de Serviços Móveis de Terceira Geração”.

O executivo citou três freqüências com maiores probabilidades de serem aceitas: a de 3.400-4.200 MHz, a de 470-806 MHz e a de 450-470 MHz. Sendo que esta última “seria a única a qual nenhum país impôs restrições, portanto acho que é a que tem mais chances”, reiterou Giacomini. Por ser uma freqüência baixa, ela é também indicada para áreas rurais, mais distantes, por requisitar menos estações-base para a propagação do sinal.

A UIT está desenvolvendo os requisitos técnicos da 4G e o processo de avaliação da nova tecnologia, e atualmente está em fase de construção de consensos, devendo publicar uma Carta Circular solicitando propostas para a IMT Advanced. “Pode ser que não haja consenso, e a decisão da freqüência seja adiada, mas acho que a UIT deva resolver isso em outubro mesmo”, concluiu Giacomini.

Anterior Para Sardenberg, estabilidade rima com responsabilidade.
Próximos MDIC: Grando assume Secretaria de Tecnologia Industrial.