UIT: cartilha das melhores práticas para ajudar vítimas de desastres


Acesso à informação e serviços de comunicação são vitais para a obtenção de respostas rápidas para assistência humanitária e reconstrução após desastres. Com o intuito de fortalecer a cooperação internacional no uso das tecnologias da informação e comunicação para socorro a desastres, foi realizada, de 14 a 17 de abril, em Alexandria, no Egito uma …

Acesso à informação e serviços de comunicação são vitais para a obtenção de respostas rápidas para assistência humanitária e reconstrução após desastres. Com o intuito de fortalecer a cooperação internacional no uso das tecnologias da informação e comunicação para socorro a desastres, foi realizada, de 14 a 17 de abril, em Alexandria, no Egito uma conferência da UIT em parceria com a ONG Télécoms Sans Frontières.

Cerca de 400 participantes, dentre representantes governamentais dos setores de regulamentação, ONGs, estudantes e setor privado,  elaboraram uma plataforma com as melhores práticas na disseminação de informações vitais para gerenciamento de crises, monitoramento ambiental, e aplicações e serviços de auxílio à vitimas de desastres.  Dentre as melhores práticas sugeridas estão: a identificação de tecnologias apropriadas para comunicação em tais situações críticas; a elaboração de testes e simulações para aplicações de telecomunicações no gerenciamento de desastres e o preparo de estudos de caso para aprendizado e troca de informações sobre países vítimas de catástrofes. (Fonte: assessoria de imprensa, UIT

Anterior Sun e Fujitsu anunciam parceria
Próximos Qualcomm se rende ao WiMAX