TV e notebook puxam alta de 29,2% da produção de equipamentos de informática e eletrônicos


A produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos cresceu 2,1% entre janeiro e fevereiro deste ano, porém, na comparação anual a alta chega a 29,2%, como aponta a pesquisa de produção industrial do IBGE, divulgada nesta terça-feira (3). Televisores e computadores pessoais portáteis foram os produtos que apresentaram melhores desempenho.

No ano, a produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos tem variação positiva de 30,4%, enquanto nos últimos 12 meses, a elevação é de 21%. Contribuíram para esse crescimento, além de televisores e computadores pessoais, a produção maior de máquinas automáticas digitais para processamento de dados, aparelhos de comutação para telefonia, impressoras, placas de circuito impresso montadas para informática, transmissores ou receptores de telefonia celular e computadores pessoais de mesa (PC desktops).

De acordo com o IBGE, a produção industrial nacional em fevereiro teve acréscimo de 0,2% frente a janeiro. O resultado positivo vem depois de um recuo (-2,2%) em janeiro. Em relação a fevereiro de 2017, a indústria cresceu 2,8%, décima taxa positiva consecutiva nessa comparação e a menos acentuada desde setembro de 2017 (2,6%). O índice acumulado do ano teve alta de 4,3%. O acumulado nos últimos doze meses avançou 3%, o melhor resultado desde junho de 2011 (3,6%).

Anterior A MP 810, que mexe na Lei de Informática, deve ser votada nesta terça
Próximos SES inaugura teleporto em Hortolândia