TV paga perde 170 mil assinantes em julho


As operadoras de TV por assinatura perderam assinantes no mês de julho, conforme os dados oficiais divulgados pela Anatel. Ao todo, o segmento encolheu 1,02%, o que significa a saída de 170,68 mil usuários da base. Havia no Brasil, ao final do mês, 16,5 milhões de clientes de serviços de TV paga.

Todas as distribuidoras encolheram. Em números absolutos, a Claro, que concentra a maior quantidade de assinantes, apresentou a maior evasão. Em termos relativos, os ISPs foram os que, proporcionalmente, mais perderam clientes de TV. Confira na tabela:

Operadoras 2019-06 2019-07 Variação absoluta Variação %
Claro 8.227.823 8.160.838 -66.985 -0,81%
Outras 275.770 242.268 -33.502 -12,15%
SKY/AT&T 4.999.821 4.968.445 -31.376 -0,63%
Vivo 1.460.281 1.434.641 -25.640 -1,76%
Oi 1.584.397 1.572.433 -11.964 -0,76%
Algar 76.031 75.125 -906 -1,19%
Nossa TV 42.843 42.599 -244 -0,57%
Cabo 42.702 42.639 -63 -0,15%
Total Geral 16.709.668 16.538.988 -170.680 -1,02%
Fonte: Anatel

A competição com serviços de streaming como o Netflix, a crise no mercado de trabalho e o achatamento do poder aquisitivo da população foram fenômenos que contribuíram para a diminuição na quantidade de assinantes de TV.

A maior parte dos desistentes era de usuários dos serviços por satélite. Foram 102,7 mil cancelamentos no DTH (-1,16%). O cabo também encolheu. Registrou perda de 69,3 mil usuários (-0,97%). Já a fibra óptica teve ligeiro crescimento, com adição de 1,46 mil acessos (+0,21%).

Comparação anual

Em relação a julho de 2017, os dados da Anatel mostram continuidade da perda de acessos. O mercado de TV paga encolheu 7,43% em 12 meses, após o cancelamento de 1,32 milhão de assinaturas. Claro, Sky e Vivo foram as operadoras que mais desligaram. A exceção foi a Oi, única a crescer. A empresa conseguiu adicionar 6,8 mil assinantes em um ano.

Operadoras 2018-07 2019-07 Variação absoluta Variação %
Claro 8.920.918 8.160.838 -760.080 -8,52%
SKY/AT&T 5.204.140 4.968.445 -235.695 -4,53%
Vivo 1.615.965 1.434.641 -181.324 -11,22%
Outras 370.631 242.268 -128.363 -34,63%
Algar 91.098 75.125 -15.973 -17,53%
Cabo 49.191 42.639 -6.552 -13,32%
Nossa TV 48.422 42.599 -5.823 -12,03%
Oi 1.566.050 1.572.433 6.383 0,41%
Total Geral 17.866.415 16.538.988 -1.327.427 -7,43%
Fonte: Anatel

Como o mercado encolheu para todos os competidores, a participação de mercado relativa de cada um pouco mudou. Ao final de julho, a Claro seguia líder isolada. Seguida por Sky. Mais distante, vinham Oi e Vivo.

Anterior Encontro Tele.Síntese debate a regulação por incentivo
Próximos Leilão 5G: ISPs querem 60 MHz, previsão de consórcio e desconto

1 Comment

  1. SÍLVIA DE FÁTIMA PIMENTA SAMPAIO
    4 de setembro de 2019
    Responder

    Não foi contemplado perdas, como falado no artigo, que os serviços prestados por estas operadoras, deixam muito a desejar. Recentemente
    fui vítima de uma operadora, a VIVO FIBRA, que entrou em minha casa, de forma bem forçando á barra, com uma venda de serviço que muito deixa a desejar. Meu Plano era da GVT-Vivo, quando recebi uma ligação informando que agora a Vivo passaria para FIBRA ÓPTICA E QUE precisava mudar todo o cabeamento em minha residência. Qual não foi a novidade, pois o serviço GVT-vIVO ESTAVA ERA SENDO CANCELADO, passando o mesmo apenas a ser exercido pela VIVO FIBRA. Ou seja: Um novo plano, até meu telefone foi alterado, sem que me fosse informado que precisaria fazer a portabilidade. Uma vergonha. de lá para cá tem sido só sofrimento. Eu serei a próxima a sair…

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *