TV paga mantém retração em dezembro


shutterstock_ mady70_TVAs operadoras de TV por assinatura continuaram a perder clientes em dezembro de 2015, totalizando cinco meses de retração ao longo do ano passado. O mês terminou com 19,05 milhões de acessos, 0,6% menos que em novembro e -2,4% em relação a dezembro de 2014.

Em números absolutos, foram 117.312 desligamentos em relação a novembro, ou 468.328 cancelamentos sobre um ano antes.

A empresa que mais perdeu clientes no ano foi a Telecom Americas (que reúne Claro e NET), que desligou 273.612 acessos. Em seguida veio a Sky, com 199.308 cancelamentos ao longo de 2015. A Oi também registrou saldo negativo de 78.338 acessos. A Telefônica, já contando a incorporação da GVT, registrou crescimento na base de 136.247 acessos.

Apesar dessas flutuações, em participação de mercado pouco mudou. A Telecom Americas se manteve na liderança do mercado, com fatia 51,96%. A segunda posição é da Sky, com 28,58% dos acesso de TV paga no país. Em terceiro fica a Telefônica, como 9,39%, e em quarto, a Oi, com 6,13%.

Tecnologias
Quanto às tecnologias usadas, o satélite (usado por Claro, Oi, Sky e Telefônica) foi o que teve maior quantidade de abandonos. Os acessos do tipo caíram 1,13% entre novembro e dezembro. No ano, o tombo foi de 6,95%, com perda de 829.990 acessos em relação a dezembro de 2014.

A fibra (FTTH) cresceu em todos os meses, mas ainda se mostra pouco presente em relação às demais tecnologias. No ano, ganhou 75.752 mil acessos, expandindo-se em 79,7%. O cabo, usado principalmente pela NET, continuou sendo bastante usado, apresentando também crescimento. Ganhou 288.252 ao longo de 2015, uma melhora de 3,86%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 29, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Anterior Mercado de telefone fixo volta para 2011
Próximos BT anuncia nova organização e aumento de receitas