TV paga cresce 0,95% e fecha abril com cerca de 17 milhões de assinantes


O Brasil fechou abril com 16,97 milhões de domicílios com TV por Assinatura, 28,1% do total, crescimento de 0,95% em relação a março, indicando desaceleração do setor. Em janeiro, por exemplo, a expansão da base foi de 1,93% e em dezembro, 1,39%. Na comparação de abril de 2012 com abril de 2013, o avanço do mercado foi de 19,1%, conforme dados divulgados pela Anatel nesta quarta-feira (5).

A participação dos serviços prestados via satélite (DTH) continua crescendo e atingiu 62% da base total em abril, ante 37,6% da participação da TV a cabo. Em abril de 2013, os serviços de DTH registraram adição líquida de 156,99 mil assinantes, 1,51%. Já o serviço via cabo registrou o acréscimo de 38 mil novas assinaturas – crescimento de 0,60% em abril.

De março para abril, o grupo América Móvil (NET Serviços/Embratel) ganhou 53,5 mil assinantes, uma variação de 0,61%, mas registrou leve queda de participação de mercado no período, de 0,18 ponto percentual, fechando o mês com 52,11% da base total. Apenas a Telefônica Vivo também registrou queda de participação (0,17) após perder 23,4 mil assinantes. A Telefônica Vivo fechou o mês de abril com 3,14% de participação, após diversos meses de queda tanto pelo desligamento de clientes do MMDS quanto pela perda de foco no mercado, explicado em partes pelo esforço de ampliação de sua plataforma de IPTV e de integração fixo-móvel.

A Sky/DirecTV teve o maior ganho absoluto de assinantes de março para abril: 84,3 mil, e fechou o mês com 31,48% do mercado total de televisão, avanço de 0,2 ponto percentual de participação em relação ao mês anterior. A Oi ganhou 17 mil clientes e fechou o mês com pouco mais de 5% do mercado total. A GVT adicionou 13,9 mil assinantes a sua base, totalizando 500,9 mil, participação de 2,95%.

As pequenas Algar e ViaCabo (Blue Interactive) cresceram 4,48% e 1,41%, respectivamente, após adição líquida de 5,6 mil e 1,5 mil assinantes cada. (Da redação)

Anterior STJ determina que Google entregue dados de e-mail armazenados nos EUA
Próximos Telecom Italia adia decisão sobre oferta da Hutchison Whampoa