TV na internet: Terra transmite os Jogos Olímpicos.


O Terra coloca no ar hoje o site especial Beijing 2008 para transmitir os Jogos Olímpicos pela internet e celular na América Latina. Os internautas poderão acompanhar os jogos em 13 canais simultâneos de vídeo, ao vivo e on demand. Segundo o Terra, serão mais de 300 horas de transmissão de todas as competições, com …

O Terra coloca no ar hoje o site especial Beijing 2008 para transmitir os Jogos Olímpicos pela internet e celular na América Latina. Os internautas poderão acompanhar os jogos em 13 canais simultâneos de vídeo, ao vivo e on demand. Segundo o Terra, serão mais de 300 horas de transmissão de todas as competições, com cobertura 24h, destacando melhores momentos, fotos em tempo real, vídeos, notícias de bastidores e divulgação de resultados no portal e celular. Os usuários também terão acesso a blogs de atletas, jornalistas e comentaristas direto de Pequim.

Para a cobertura, o Terra mobilizou uma equipe de 200 profissionais, dos quais 25 realizarão a cobertura em tempo real, direto da China. O portal também terá um estúdio de TV em Pequim, com links via satélite para São Paulo, central do Terra TV para América Latina. Além dos profissionais que trabalham no portal, os internautas poderão enviar suas contribuições. Na área Fan Zone, o usuário poderá ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. O internauta poderá enviar vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes, além de discutir os principais temas dos Jogos Olímpicos nas salas de fóruns interativos.

Nova plataforma

A transmissão do Terra utiliza a tecnologia “multibitrate”, que adapta a qualidade dos vídeos à banda e velocidade de conexão dos internautas. A página especial Beijing 2008 marca a primeira etapa do Átomo, projeto de inovação do Terra, que adota um novo conceito de portal de internet de terceira geração e oferece novas funcionalidades e ferramentas interativas da web 3.0.

“O internauta busca interagir e participar do processo de construção de conteúdo. Com o projeto Átomo, vamos criar um portal de terceira geração, em uma mescla de conteúdo profissional e amador em um ambiente multiplataforma ainda mais interativo, moderno e inovador”, destaca o diretor geral do Terra América Latina, Fernando Madeira. A nova plataforma, desenvolvida a partir da experiência do usuário na rede, oferece novas ferramentas de interação multimídia, interface e forma de navegação, além de fortalecer a troca de conteúdo produzido pelos usuários e pelo Terra. (da redação).

Anterior Celular no Brasil: muito espaço para crescer.
Próximos Entidades reafirmam posições sobre PGO no conselho da Anatel