TV digital deverá chegar a Brasília no final do ano


A Torre de Televisão Digital de Brasília poderá entrar em funcionamento ainda este ano, prevê o ministro das Comunicações, Hélio Costa, que ontem conheceu o projeto. A obra custará aos cofres do GDF (Governo do Distrito Federal) cerca de R$ 50 milhões. "Estamos dependendo apenas da torre para começarmos a TV Digital em Brasília. As …

A Torre de Televisão Digital de Brasília poderá entrar em funcionamento ainda este ano, prevê o ministro das Comunicações, Hélio Costa, que ontem conheceu o projeto. A obra custará aos cofres do GDF (Governo do Distrito Federal) cerca de R$ 50 milhões. "Estamos dependendo apenas da torre para começarmos a TV Digital em Brasília. As cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro já anteciparam o funcionamento da TV Digital. Goiânia também começa a operar o sinal digital na próxima semana",disse Costa.

A torre de televisão existente em Brasília, segundo informações do ministro, não suporta o sinal da TV digital.

De acordo com o projeto, a torre terá duas estruturas: a primeira de concreto e outra de metal. A altura total é de 180 metros, com um mirante situado a 120 metros para visitação pública, de onde será possível avistar toda a cidade de Brasília. O conjunto turístico vai contar ainda com área para restaurantes, exposições e elevador panorâmico.

A estrutura metálica, que vai irradiar o sinal digital, será instalada acima da estrutura de concreto e terá 60 metros de altura. O GDF prevê o término da torre ainda neste ano e a conclusão total da obra, como ponto turístico, em abril de 2009.

Goiânia

Hélio Costa, assina os termos de consignação dos canais digitais para aquela cidade nesta segunda-feira (4). A cerimônia está prevista para as 17 horas, no Salãoo Nobre da prefeitura municipal da capital goiana.

As emissoras que receberão a consignação dos canais digitais em Goiânia são: TV Anhanguera (Globo), TV Serra Dourada (SBT), Rede Goiânia de Rádio e Televisão (Band), Televisão Goya (Record), Agecom (Governo do Estado de Goiás). (Da Redação, com assessoria de imprensa do Minicom)

Anterior Ceitec concluirá semicondutor nacional no final de 2009
Próximos Entidades criticam o fim das consultas públicas do PGO e PGR