Tribunal da Coreia do Sul confirma multa de US$ 873 milhões sobre a Qualcomm


O Tribunal Superior da Coreia do Sul negou recurso da empresa que pedia revisão de multa recebida da autoridade de competição daquele país por práticas abusivas. A decisão mantém a obrigação de a companhia pagar o equivalente a US$ 873 milhões.

À agência de notícias Reuters, no entanto, a Qualcomm informou que ainda pode, e pretende, recorrer. Dessa vez, irá à Suprema Corte do país asiático para tentar reverter a punição pecuniária.

A Comissão de Comércio Justo da Coreia do Sul, responsável pela sanção, decidiu punir a fabricante ainda em 2016. Na época, considerou que a Qualcomm cobrava preços abusivos pelo licenciamento de sua tecnologia proprietária e que, por meio de contratos, levava fornecedores a restringir negócios com rivais da fabricante.

Anterior União Europeia vai investigar como Google e Facebook coletam dados
Próximos Europeus e Trump se enfrentam por taxação de empresas digitais