Trabalhador em telefonia poderá receber adicional de periculosidade


Trabalhadores que atuam na instalação ou manutenção de redes de telefonia poderão ter o direito a receber adicional de periculosidade, caso seja aprovado na Câmara o Projeto de Lei 6767/10, que já passou no Senado. O pagamento extra de 30% sobre o salário é garantido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT – Decreto-Lei 5452/43) …

Trabalhadores que atuam na instalação ou manutenção de redes de telefonia poderão ter o direito a receber adicional de periculosidade, caso seja aprovado na Câmara o Projeto de Lei 6767/10, que já passou no Senado. O pagamento extra de 30% sobre o salário é garantido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT – Decreto-Lei 5452/43) a trabalhadores cujas atividades coloquem em risco sua saúde ou integridade física.

Segundo o autor do projeto, senador Paulo Paim (PT-RS), o direito a receber o adicional pelo trabalho arriscado deve ser assegurado aos empregados do setor de telefonia pela proximidade das redes de telefone e de alta tensão. O parlamentar afirma serem inúmeros os acidentes de trabalho motivados pela localização dos fios no mesmo espaço físico.

O projeto, que tramita em caráter conclusivo na Câmara. Ele será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. (Da redação)

Anterior Telebrás vai contratar sistema de gerenciamento digital de documentos
Próximos Novo pedido de vista adia decisão sobre desbloqueio de celulares