TIM vai recorrer de multa milionária no Maranhão


A TIM informou, por meio de nota, que vai recorrer de decisão da Justiça maranhense de aplicar multa de R$ 50 milhões. Na última sexta-feira, 06, o Tribunal de Justiça do Maranhão decidiu acatar uma ação civil pública de 2013, da 2ª promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor.

A ação pede ressarcimento por dano moral coletivo devido a falhas do serviço de telefonia móvel da empresa em 89 cidades do estado. O valor deve ser revertido ao Fundo Estadual de Defesa do Consumidor (FEDC). “A TIM informa que está ciente da decisão e apresentará os recursos processuais competentes”, diz a empresa, em nota.

Entre outras sanções, a companhia fica impedida de comercializar ou habilitar novas linhas, em todo o Maranhão, até o cumprimento dos requisitos do Plano Nacional de Ação de Melhoria do Serviço Móvel Pessoal e das Metas de Qualidade para o Serviço Móvel Pessoal, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), sob pena de multa de R$ 100 mil diários.

Outra determinação é a devolução dos valores pagos pelo plano Inifinity aos usuários do período entre a data de lançamento do plano (2009) até a publicação da sentença. Os valores serão estabelecidos durante o processo de liquidação da decisão.

A operadora também deve encaminhar, no prazo de 20 dias, a listagem completa dos usuários do Plano Infinity, com datas de adesão e de eventual saída, a partir de 29 de março de 2009 (lançamento do plano), sob pena de multa por descumprimento de R$ 100 mil diários. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Com inadimplência em alta, Vivo realiza semana de renegociação de dívidas
Próximos Comitê Gestor da Internet fecha texto para regulação do Marco Civil