TIM terá experimentação da 5G em 10 lojas


Depois de realizar testes em Florianópolis (SC) e Santa Rita do Sapucaí (MG) e eventos acadêmicos, a TIM vai permitir que o grande público conheça algumas aplicações do 5G. A operadora terá em breve degustações da nova tecnologia em cerca de 10 lojas no Brasil, começando pela unidade do Shopping Ibirapuera, em São Paulo, a partir de hoje, 11.

A demonstração utiliza equipamentos de rede da Ericsson, e precisou de licença específica para uso temporário do espectro de 3,5 GHz da Anatel para ser realizada. A LG disponibilizou um smartphone LG V50 para testar a velocidade da nova rede em um aparelho móvel, enquanto a Intel cedeu kit de realidade virtual. “As pessoas poderão conhecer o potencial da nova tecnologia e entender como ela irá influenciar o seu cotidiano no futuro”, diz João Stricker, Diretor de Sales Consumer da TIM Brasil.

A experimentação da 5G na loja do Shopping Ibirapuera acontece até dezembro. A operadora pretende levar o espaço de degustação para mais unidades, em diferentes estados do Brasil, até o fim do ano. Ainda este mês, a companhia inaugura mais um projeto de “living lab” em 5G, na cidade de Campina Grande (PB). No living lab especialistas podem testar aplicações com finalidades específicas, baseadas na nova tecnologia. Também foi anunciada a ativação da rede experimental para as startups do Cubo Itaú.

“O objetivo é potencializar o conhecimento da tecnologia para que a adoção ao 5G possa ser rápida e eficiente no país. Nos living labs, já estão sendo desenvolvidas soluções que podem impactar o cotidiano das pessoas e das empresas em áreas muito relevantes para o Brasil, como saúde, educação e segurança. A ideia é justamente preparar esse ecossistema de inovação para que possamos aproveitar o poder transformador da rede de quinta geração”, afirma Leonardo Capdeville, CTIO da TIM Brasil. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Projetos premiados no Anuário Tele.Síntese refletem a inovação no país
Próximos Anatel suspende eleições dos conselhos de usuários das operadoras

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *