TIM quer 3G no Brasil até o final do ano, diz Araujo


A TIM quer ter 3G no país antes do final do ano, afirmou hoje, 23 de julho, em teleconferência de divulgação de resultados, Mario Cesar Araujo, presidente da TIM Brasil. “Nós queremos a banda larga, temos interesse em oferecer no país todo”, disse o executivo. Sua expectativa é que, até o final do ano, aconteça …

A TIM quer ter 3G no país antes do final do ano, afirmou hoje, 23 de julho, em teleconferência de divulgação de resultados, Mario Cesar Araujo, presidente da TIM Brasil. “Nós queremos a banda larga, temos interesse em oferecer no país todo”, disse o executivo. Sua expectativa é que, até o final do ano, aconteça o leilão de freqüências para desenvolver sua rede de 3G. "Esse serviço já tem até na Argentina.” Ele confirmou também o interesse da operadora no leilão de WiMAX, no entanto, não acredita que o leilão ocorra neste ano, pois “ainda há pontos a serem negociados, o edital tem que ser refeito e ir para consulta pública.” Tanto que a operadora não está fazendo testes com a tecnologia WiMAX, mas já testa alguns equipamentos de 3G, oferecidos pelos fabricantes.

Araujo descartou a entrada da TIM na licitação da Telemig: “apesar de Minas Gerais ser um estado importante para a TIM”, e confirmou investimentos de R$ 5,7 bilhões no país, até 2009, com previsão de usar R$ 2 bilhões deste valor para investimentos este ano, incluindo eventuais aquisições de licenças de 3G e WiMAX. (Da Redação)

Anterior Queda na receita de uso de rede contribui para resultado negativo da Telesp
Próximos Gesac: uma empresa poderá disputar mais de um lote