A TIM anunciou hoje (13) a reformulação das ofertas de banda larga fixa (TIM Live). A operadora acrescentou novas velocidades e contratos que garantem o acesso a conteúdos de parceiros. Em 20 bairros das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, vai levar FTTH (fibra até a casa do cliente). Nestes casos, os planos terão velocidades de 100, 150, 300 e 500 Mbps e 1 e 2 Gbps. Ao todo, 200 mil domicílios poderão assinar serviço com essas bandas, diz a empresa.

O FTTC, tecnologia que leva a fibra até um armário da companhia próximo à residência, e de lá, a conexão segue em cobre, continua existindo. Mas a esse serviço foram acrescentados os planos de 40 Mbps e 60 Mbps.

Em todos os casos, os assinantes têm ligações de fixo (TIM Fone, com franquia). Em alguns, há acesso aos aplicativos Banca Virtual e TIM Ensina. A empresa vai comercializar também um amplificador de melhora do sinal WiFi, chamado Power WiFi.

Haverá também acesso a aplicativos de canais tradicionais da TV por assinatura ou de aplicações de streaming, conforme o plano. Os parceiros nestes casos são Esporte Interativo, Cartoon Network, Look, Fox. Não será preciso ter uma assinatura de TV paga para usar esses apps.

Os preços variam conforme a velocidade contratada. Por exemplo, o pacote de 40 Mbps sai por R$ 105, quase o mesmo preço dos 70 Mbps, que está em promoção de lançamento, por R$ 110 (em São Paulo). O de R$ 150 Mbps sai por R$ 160. O acesso de 2 Gbps custa R$ 1.560 ao mês. Além da mensalidade, a tele cobra uma taxa de instalação de R$ 600.

Na tabela abaixo, veja qual conteúdo está disponível, conforme o plano.

TIM_FTTH