TIM fecha acordo com prefeitura de SP por mais 500 sites de celular


nova marca TIM

A TIM fechou acordo com a prefeitura de São Paulo para a instalação de 500 novos biosites – antenas que não agridem a paisagem, desenvolvida pela própria operadora -. O acordo prevê  ocupação de uso  por cinco anos, explicou Luis Minoro, diretor de Estratégia e Inovação da operadora. ” Conseguimos instalar até hoje apenas mil sites em São Paulo. Com acordo, vamos dobrar nossa capacidade”, comemorou Stefano De Angelis, presidente.

Conforme De Angelis, até o final deste ano a empresa irá alcançar 3 mil cidades com a cobertura 4G, o que significa ampliar em mil os municípios que passam a dispor da LTE de alta velocidade, em relação a julho deste ano, quando a empresa chegou em duas mil cidades.  E o estado do Rio de Janeiro já conta com 100% de cobertura 4G.

– Estamos mais assertivos e eficientes nos investimentos, fazendo a cobertura com objetivos relevantes e crescimento de market share, afirmou o CEO. Ao fazer o balanço dos principais momentos da empresa no ano, De Angelis lembrou que a TIM foi também a primeira operadora a lançar a tecnologia de Voz sobre LTE (VoLTE) e hoje já está presente em 1.043 cidades do país.

Com a faixa de 700 MHz, (que está sendo ocupada à medida em que os canais de TV analógicos são desligados), o executivo acredita que irá ganhar mais vantagem competitiva, visto que em São Paulo, a TIM só conta com frequências altas (de 1,8 GHz e de 2,6 GHz), que são menos eficientes nas coberturas indoors. “Com a 700, nós daremos um jump na competitividade e iremos crescer o market share”, promete De Angelis. A expectativa é de em meados do próximo ano a TIM já estar ocupando esta frequência em todo o estado

O executivo assinalou ainda que qualquer oferta no celular pós-pago passou a incluir os serviços digitais, uma forma de levar os combos da telefonia fixa para a plataforma móvel. “Estamos fazendo um reposicionamento no pós-pago, com o foco na melhoria contínua, e não queremos ser a maior, mas a melhor empresa de telecom do Brasil”, completou.

2018

Para 2018, a empresa terá “foco total” na experiência do cliente, investindo cada vez mais na digitalização do relacionamento com cliente. Atualmente, reforçou, mais de 80% da base de clientes do pós pago e controle da TIM têm smartphone, a principal porta de entrada para a digitalização plena do atendimento.

 

 

Anterior TIM vai levar WTTX para cidades médias com 700 MHz
Próximos Empresas de infra em telecom contam com PLC 79 para impulsionar receita em 2018