TIM quer detalhar TAC com Anatel até junho


conta-pagamento-cartao-maquina-de-debito-creditoaplicatico-celular-meio-de-pagamento

O diretor de relações institucionais da TIM, Mario Girasole, afirmou na conferência de resultados da companhia que espera obter alguma “evolução” do termo de ajustamento de conduta já no mês que vem. Segundo ele, as tratativas com a Anatel têm tido um bom progresso, embora ainda não seja possível definir com precisão valores do termo de ajustamento de conduta.

O CEO da companhia, Stefano de Angelis, por sua vez, frisou: “Trata-se de milhões de reais, mas não de bilhões, como o da Telefônica”.

TACs são mecanismos autorizam a troca de multas recebidas pelas operadoras pelo descumprimento de metas da Anatel por investimentos em áreas escolhidas pela agência. O da Telefônica foi um dos primeiros a ser negociado e também se trata do que envolvia maior volume financeiro. Se tivesse sido realizado como previsto (o que não aconteceu), teria resultado em aportes de R$ 5,5 bilhões da operadora em infraestrutura como contrapartida por multas de R$ 3 bilhões.

Girasole, da TIM, ressalta que a intenção é conseguir a aprovação do TAC. Ele disse que a Anatel se mostrou receptiva às propostas feitas até aqui, e que o montante está em negociação. “Estamos conversando sobre valores bem menores, e estamos confiantes. Podemos ter uma negociação bem sucedida. Provavelmente no próximo mês teremos uma evolução neste sentido”, falou.

Anterior TIM prepara refarming de frequência usada na 3G para a 4G
Próximos Telebras espera decisão favorável do STF ainda esta semana para liberar contrato do satélite