TIM, Ericsson e Inatel vão pesquisar juntas Cidades Inteligentes e IoT móvel


TeleSintese-IoT-Internet-das-Coisas-cidades-inteligentes-rede-cloud-conexao-smart_city

A TIM, a Ericsson e o Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel) firmaram hoje um acordo de intenção para colaboração tecnológica, científica, de inovação e empreendedorismo com objetivo de prover soluções para o desenvolvimento de Cidades Inteligentes e Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês), com base em soluções móveis.

Pela parceria, a operadora passará aos alunos de graduação e mestrado do Inatel tópicos de pesquisa e investigação para que estes possam sugerir soluções a serem aplicadas no campo acadêmico e, futuramente, replicadas fora da universidade. Todas as interações sobre os projetos acontecerão na plataforma IoT Accelerator, solução em nuvem da Ericsson para internet das coisas.

A plataforma em nuvem IoT Accelerator facilita a conectividade dos mais diversos dispositivos (de câmeras e sensores de temperatura a carros) e permite que os dados fornecidos por estes sejam disponibilizados de maneira segura para aplicações que serão desenvolvidas e integradas à plataforma.

Com duração prevista de dois anos, além de 40 especialistas do Inatel, entre pesquisadores e doutores, o acordo vai permitir também que se estude mais o desenvolvimento do IoT Móvel no Brasil. O acordo faz parte do programa Open Innovation da TIM, de estímulo à pesquisa e à inovação. (Com assessoria de imprensa)

 

Anterior Brasil firma compromisso pelo fim do roaming nas Américas até 2022
Próximos Trump decide taxar tecnologia chinesa