TIM e Vivo fazem acordo para compartilhar infra 2G e 4G em cidades pequenas


A Tim e a Vivo soltaram comunicados ao mercado nesta terça-feira, 23, avisando que pretendem compartilhar suas infraestruturas para redes 2G e 4G.

O acordo valeria para todo o Brasil no caso da rede 2G, em modelo single grid; e para cidades com até 30 mil habitantes no caso da 4G. O acordo abre possibilidade, porém, para a expansão a cidades maiores.

O projeto detalhado ainda será produzido e apresentado à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em 90 dias.

Segundo as empresas, serão analisadas oportunidades de eficiência e redução de custos em operações e manutenção da infraestrutura, entre outros, energia elétrica e aluguel de sites.

As empresas irão também avaliar as oportunidades de compartilhamento de redes em outras tecnologias.

Christian Gebara, presidente da Vivo, diz que a iniciativa vai liberar investimentos. “Em um momento em que a demanda por dados cresce exponencialmente, buscamos uma melhora relevante na experiência do cliente, bem como a realocação de recursos para novas tecnologias como o 4G, 4,5G e fibra”, afirma.

Para Pietro Labriola, presidente da TIM, “o compartilhamento de infraestrutura é a solução industrial crucial para o desenvolvimento das telecomunicações no país, visando a introdução de novas tecnologias”. A seu ver, o acordo aumentará a velocidade de implantação de redes, “reduzindo o nível de custos e impactos”. (assessoria de imprensa)

Anterior "Anatel ainda não calculou o preço do leilão da 5G", afirma seu presidente
Próximos Depois do "Não Me Pertube", Procon-DF lança o "Me Respeite"

1 Comment

  1. Erick Nilson
    25 de julho de 2019

    A Oi já compartilha a rede 4G com a TIM em vários estados.