TIM: ações fecham em alta, mas Telecom Italia nega venda.


As especulações em torno da compra da TIM Brasil pela Claro fizeram com que as ações da operadora controlada pelos italianos tivessem o melhor desempenho na Bovespa hoje, 27, que fechou o dia com uma queda de 2,02%, o pior desempenho desde o início do mês passado. Apenas três dos 55 papéis negociados na Bovespa …

As especulações em torno da compra da TIM Brasil pela Claro fizeram com que as ações da operadora controlada pelos italianos tivessem o melhor desempenho na Bovespa hoje, 27, que fechou o dia com uma queda de 2,02%, o pior desempenho desde o início do mês passado.
Apenas três dos 55 papéis negociados na Bovespa subiram, sendo que a maior alta foi justamente da TIM, 2%. A Telecom Italia, entretanto, tornou a negar hoje (já o tinha feito no sábado) que tenha fechado a venda da TIM. No final de semana, o jornal O Globo informou que o negócio havia se concretizado e que a Claro iria pagar 8 bilhões de euros aos italianos.
Analistas de mercado prevêem, entretanto, que a negociação para a venda da TIM será demorada até porque, avaliam, há outros interessados que continuam no páreo além da Telmex. Em contrapartida, as ações da Brasil Telecom tiveram a maior baixa hoje no mercado, queda de 8% (as preferenciais perderam 6,5%) e as ações ordinárias da Telemar caíram quase 4,5%, impactadas pelas dúvidas em torno da operação de reestruturação da companhia.
Da Redação

Anterior No caso Orkut, desembargador isenta Google Brasil.
Próximos Alcatel e Sequans querem acelerar adoção do WiMAX móvel