Tesouro repassa mais R$ 291 milhões à Telebras


satélite-ses-9-órbita

O Ministério do Planejamento autorizou hoje, 12, o remanejamento de alguns créditos do Tesouro Nacional para a Telebras e outras estatais.

Para a Telebras foram repassados R$ 291, 1 milhões, a serem aplicados no Satélite Geoestacionário brasileiro. Conforme fontes do MCTIC, a diretoria da estatal iria aprovar hoje o modelo de negócios para o satélite, a partir da proposta de consultoria contratada.

O governo Temer não concordou com o modelo de negócios elaborado pela gestão anterior, do ex-deputado Jorge Bittar, que previa prestar serviços para os entes do governo, como forma de viabilizar a lucratividade do satélite. O atual governo, no entanto, não quer que a estatal faça competição direta com a iniciativa privada na oferta de serviços e, por isso, contratou consultoria para um novo modelo de negócios.

 

 

Anterior NIC.br vai cobrar pelo uso dos PTTs
Próximos São Paulo concentra 80% do tráfego em PTTs no país