Tentativa de fraude em Telecom alcança 2,27%


hacker-seguranca-conexao-dados-criptografiaMapeamento médio do setor de Telecomunicações entre 2013 e 2015 mostra uma média de fraude de subscrição de 2,27% no Brasil. Isso significa que a cada R$200 em serviço contratado, R$4,54 são fraudes. Os números constam do Mapa da Fraude, relatório feito pela ClearSale, empresa especializada em soluções antifraude para transações comerciais.

As fraudes ocorrem em diversas etapas e normalmente são descobertas na contratação de serviços, instalação e negativação dos supostos clientes inadimplentes. Neste último caso, os consumidores tiveram seus nomes negativados de forma indevida, pois seus dados foram utilizados por um terceiro para uma fraude.

Os processos judiciais de bons pagadores contra as empresas, por conta das fraudes, ocasionou um prejuízo médio para o caixa das companhias de R$ 2 mil a R$ 15 mil por processo, de acordo com o levantamento da ClearSale.

Tipos de fraudes
O estudo identificou os golpes mais comuns. Um dos mais usados é a contratação de plano de dados ou compra de aparelho de celular junto à operadora, com dados de outros clientes. “Esse tipo de crime é de alta liquidez, porque os fraudadores podem usar os dados de ligação em poucos minutos, ou vender o aparelho para outras pessoas”, afirma Omar Jarouche, gerente de Inteligência e Estatística da ClearSale..

Outra fraude comum usa um comprovante de residência falsificado. Neste caso, o indivíduo com dados de CPF de terceiros e um endereço real solicita algum plano de serviço das empresas. “Com isso, ele pode abrir conta em banco, emitir cartão de crédito, entre outras irregularidades”, alerta Jarouche.

No setor de contratações de TV a cabo, o processo é similar, porém mais difícil de ser concretizado, porque existe o fator presencial, como é o caso da instalação, que chega a inibir os fraudadores. “Por esse motivo, a quantidade de tentativas de fraudes em telefonia é maior que nas TVs a cabo”, destaca Omar Jarouche. Existe também o caso em que a pessoa faz a fraude para utilizar os serviços de TV a cabo sem pagar. Ele, no entanto, tranquiliza os usuários. Ressalta que todas as operadoras contam com sistemas antifraude, o que mantém os golpes em baixos níveis.

Anterior Telefônica vai acelerar investimentos no 2º semestre, mas vai gastar menos
Próximos TCU suspende licitação de estações de satélite da Telebras