Teles afirmam que cobertura da telefonia móvel passa no primeiro teste na arena Itaquera


Durante jogo realizado nesse domingo, o desempenho foi considerado satisfatório, mas foram identificados momentos de pico de ligações e congestionamentos momentâneos nas chamadas telefônicas, no envio de mensagens multimídias e uso da internet.

A infraestrutura de telefonia móvel e de banda larga pelo celular instalada pelas prestadoras no Itaquerão passou nesse domingo (1) pelo primeiro teste durante o jogo entre Corinthians e Botafogo, informou o SindiTelebrasil. A cobertura indoor, formada por redes de fibras ópticas e cerca de 300 antenas, teve desempenho satisfatório e foram identificados momentos de pico de ligações e congestionamentos momentâneos nas chamadas telefônicas, no envio de mensagens multimídias e uso da internet.

– Diante do curto prazo para a instalação dos equipamentos, o jogo de ontem foi importante para localizar os pontos na infraestrutura interna da arena que ainda precisam passar por ajustes, o que será feito até a partida de abertura da Copa do Mundo, prevista para 12 de junho”, sustenta a entidade.

O Itaquerão, assim como os outros 11 estádios que sediarão as partidas no mundial, recebeu o que há de mais moderno em tecnologia disponível no mundo, afirma o sindicato, que reúne todas as operadoras. A cobertura indoor usa a mesma tecnologia utilizada nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e atenderá aos serviços de voz e dados nas tecnologias 2G, 3G e 4G.

Essa infraestrutura permite o atendimento dos serviços móveis com mais qualidade e capacidade que as soluções usadas no passado para a cobertura dos estádios. Com a cobertura interna, os torcedores dependerão menos das antenas externas convencionais, que encontram nas estruturas de concreto dos estádios dificuldades para o alcance dos sinais.

Para a instalação da cobertura indoor, as prestadoras Claro, Oi, Nextel, TIM e Vivo fizeram uma parceria para a implantação de um projeto único, com investimento total de R$ 200 milhões e infraestrutura compartilhada.(Com assessoria de imprensa)

Anterior Após recusa de adiamento das discussões, teles e radiodifusores agora pedem calma à Anatel na condução do leilão do 4G.
Próximos GVT considera que fatiamento da TIM é má notícia para consumidores e economia do país