Telefônica Vivo vai demitir 800 em SP


A Telefônica Vivo apresentou ao Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações no Estado de São Paulo (Sintetel) um plano de reestruturação que prevê a demissão de 800 pessoas em cargos duplicados devido à fusão com a GVT em setembro, apenas no estado de São Paulo. Serão dispensados, na maioria, funcionários que aderirem a um programa de demissão voluntária, que prevê o pagamento de 1 a 10 salários conforme o tempo de casa e benefícios como extensão do plano de saúde.

A operadora garante que os desligamentos serão compensados até fevereiro de 2016. Até lá, a empresa promete contratar 2,4 mil colaboradores que hoje são terceirizados. O aumento de equipe acontecerá nas áreas de atendimento ao cliente (call center) e de operações com usuários (pessoal de rede externa). 

Em nota, a Telefônica Vivo diz que o objetivo da reestruturação é simplificar a organização para ganhar mais agilidade e eficiência. “Na primeira semana de setembro, a empresa fará uma reorganização em suas áreas administrativas para obter maior sinergia de processos e atividades”, declara. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Virgílio Almeida deixa a Sepin até o final do ano
Próximos Anatel multa empresa que não é de telecomunicações