Telefônica/Vivo inicia comercialização de IPTV por São Paulo


O novo serviço de IPTV da Telefônica/Vivo, lançado hoje durante o Futurecom 2012, começa a ser comercializado no mês que vem, logo após os testes com usuários que já são assinantes do serviço banda larga por rede de fibra (público externo e funcionários da empresa).Até que a Anatel aprove as novas licenças do Serviço de Acesso Condicionado (SeAC) solicitadas pela Telefônica/Vivo, o serviço só poderá ser oferecido na cidade de São Paulo, onde mais de 500 residências já estão fibradas. Com mensalidade a partir de R$ 75, a Vivo TV Fibra oferece todo o conteúdo por Tv por assinatura e Tv aberta, com várias opções para o cliente compor seu pacote.

Segundo Roberto Piazza, diretor de fibra e TV da Telefônica, a operadora, paralelamente ao lançamento do novo serviço, inicia a preparação da rede HFC (de cabo) na cidade de São Paulo, que cobre de 700 mil a 800 mil residências, para prepará-la para também oferecer IPTV. Até o final do ano 20% dessa rede já deverão estar habilitados a distribuir IPTV. O trabalho prossegue no ano que vem de tal forma que, até meados de 2013, 1,5 milhão de residências, cobertas por fibra e cabo, estarão aptas a receber o novo serviço.

Oferta variada

Baseado na plataforma Mediaroom, da Microsoft, a IPTV da Telefônica traz um conjunto de recursos que ampliam a experiência de uso do serviço, como gravar o conteúdo de qualquer ponto da casa e assisti-lo em outros pontos de TV, ver o que está passando em outros canais sem mudar de emissora, serviço de busca inteligente para localização de conteúdos, entre outros.

Além de um maior número de canais HD na grade, o serviço permite mais opções de aplicativos — a primeira versâo sai com dez aplicativos,  mas já existem outros em desenvolvimento. Entre os aplicativos, acesso às redes sociais, vídeos de notícias, esportes, entretenimento, clima, etc.

Anterior Telefônica/Vivo escolhe Ericsson e Huawei como fornecedoras
Próximos Operadoras já negociam testes de banda larga rural com CPqD