Telefônica Vivo conclui compra da GVT


estrutura acionaria telefonica gvt vivendiEm assembléia realizada hoje (28), a Telefônica Brasil finalizou a compra da GVT, agora uma subsidiária integral da companhia, ao aprovar a ratificação do contrato de compra e venda com a Vivendi. A empresa pagou parte do valor total, equivalente a 4,663 bilhões de euros em recursos financeiros levantados via aumento de capital e parte em emissão das ações da nova companhia equivalentes a 12% do capital social da empresa.

Com a compra da GVT, iniciada em setembro do ano passado, a nova composição da Telefônica Vivo passa a ser a seguinte: Telefônica do Brasil, 65,6%, Vivendi, 12%, e demais acionistas (mercado), 22,4%.

A Telefônica Vivo passa agora a ter 105 milhões de acesso fixos e móveis, sendo a maior operadora em número de clientes e, também, em receitas e rentabilidade. De acordo com a assessoria de imprensa, a empresa, com a GVT, somou à sua liderança na telefonia móvel (rede 3G em 3,2 mil municípios e 4G em 140 cidades) a boa performance da GVT na telefonia fixa, com rede de fibra óptica em 156 cidades de 20 estados, mais o DF. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Com receita acima de 100 milhões de euros, Telefónica quer ampliar importância da unidade de segurança
Próximos Abrint reúne governo e provedores regionais em São Paulo