Telefônica tem ligeira queda, mas lidera no ranking de reclamações da Anatel.


A Telefônica teve ligeira queda no número de reclamações contra as prestadoras de serviço fixo no mês de setembro em relação a agosto, mas continua líder no ranking divulgado pela Anatel. A operadora teve 1,102 reclamação na agência por mil acessos em serviço no mês passado. Em agosto, o número foi de 1,163. O registro …

A Telefônica teve ligeira queda no número de reclamações contra as prestadoras de serviço fixo no mês de setembro em relação a agosto, mas continua líder no ranking divulgado pela Anatel. A operadora teve 1,102 reclamação na agência por mil acessos em serviço no mês passado. Em agosto, o número foi de 1,163. O registro de reclamações contra as prestadoras e o número de acessos em serviço também varia um pouco para baixo na comparação entre os dois meses: 35.758 e 40.448.656, respectivamente, em setembro, ante 36.597 e 40.097.750, respectivamente, em agosto.

A ordem no ranking manteve-se a mesma nos dois meses. Em segundo lugar, Embratel, com 1,046 reclamações por mil acessos em serviço, em setembro, contra 1,136 em agosto. Na terceira posição, Brasil Telecom teve 1,010 contra 1,053. Em seguida, com aumento de cerca de 10,5%, vem a GVT: 0,937 ante 0,848 no mês anterior. A Telemar, na quinta posição, teve 0,617, em setembro, e 0,600, em agosto. Logo depois, aparece a CTBC Telecom, com 0,240 e 0,203, respectivamente. A Sercomtel, sétima no ranking, teve 0,118 contra 0,120. E, por fim, a Intelig não teve reclamações em setembro – foram 0,030 em agosto.

Longa Distância Nacional

Também na longa distância nacional, em setembro, a Telefônica assumiu o primeiro posto entre as reclamações de consumidores feitas à Anatel, tomando a posição que em agosto era da GVT. A Telefônica ficou com 0,073 reclamações na Anatel por mil documentos de cobrança emitidos – em agosto era 0,069. A GVT liderava em agosto (0,084) e baixou para a segunda colocação no mês seguinte, com 0,067. A Brasil Telecom manteve-se no terceiro lugar: 0,052 (setembro) contra 0,055 (agosto). A Embratel, na quarta posição, ficou com 0,033 neste ranking contra 0,031 no anterior. A Telemar, a quinta nos dois rankings, baixou de 0,031 para 0,028. A Sercomtel, que em agosto não teve reclamações, ocupou a sexta posição em setembro, empatada com Intelig com 0,027 que, no mês anterior, teve 0,018. Já a CTBC Telecom teve 0,006 reclamações em setembro. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior PGO chega amanhã ao conselho consultivo da Anatel
Próximos Bons resultados da LG