Telefônica: separação de empresas pode reduzir até 8% o valor das ações.


 Com os pareceres do ex-ministro do STF, Sepúlveda Pertence, e da Consultoria Tendência, do ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega, a Telefônica elenca, em sua resposta à consulta pública da Anatel, uma lista de argumentos contrários à proposta de separação dos serviços de banda larga. Entre eles, a operadora afirma que a criação de uma …

 Com os pareceres do ex-ministro do STF, Sepúlveda Pertence, e da Consultoria Tendência, do ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega, a Telefônica elenca, em sua resposta à consulta pública da Anatel, uma lista de argumentos contrários à proposta de separação dos serviços de banda larga. Entre eles, a operadora afirma que a criação de uma nova empresa para a prestação do serviço de banda larga (o ADSL) irá provocar a redução do valor de mercado da concessionária (a Telesp) em até 8%, “afetando os acionistas minoritários,” argumenta.

A operadora alega ainda que o impacto econômico dessa medida será superior aos possíveis benefícios da medida, impacto esse provocado pelo aumento da carga tributária (na relação entre empresas diferentes), perda de eficiência fiscal pelo diferimento do pagamento dos impostos e duplicação dos custos administrativos. Conforme as contas da Telefônica, esses impactos chegarão, para as três concessionárias, a R$ 1,650 bilhões nos próximos três anos.

Aumenta o preço da banda larga

A Telefônica argumenta ainda que essa separação de serviços irá provocar um incremento de 15,4% no custo marginal das empresas, o que provocará um aumento de preço de 4,9% para os assinantes de banda larga. Mesmo que as empresas assimilem esse incremento de custos, afirma a operadora, haverá uma “retração de mercado de 9,8%”. A operadora ressalta que, se isso ocorrer, deixará de ampliar a sua rede de banda larga para pelo menos 300 mil novos clientes.

Anterior CPI dos Grampos: Operadoras esperam decisão do STF sobre escutas.
Próximos Costa recebe dirigentes de celulares para debater reforma tributária