Telefónica quer vender sua participação na China Unicom


A Telefónica deverá vender mais ações da China Unicom (vendeu metade das ações possuía em 2012, quando arrecadou US$ 1,4 bilhão) e pretende arrecadar US$ 875 milhões, informa a Bloomberg.

A operadora pretende vender 597,8 milhões de ações. A operadora comprou recentemente a GVT, da francesa Vivendi, e comprou a alemã E-Plus. Para fazer caixa para essas aquisições, vendeu recentemente sua participação na Irlanda para a Hutchison Whampoa. (com agências internacionais).

 

Anterior Lei das antenas pode ser votada nesta terça-feira
Próximos Obama quer FCC assegurando a neutralidade da rede