Telefónica Open Future procura startups no Brasil


Business vector created by Timmdesign - Freepik.com
Business vector created by Timmdesign – Freepik.com

O Telefónica Open Future, braço de fomento a novas empresas de base tecnológica do grupo espanhol Telefónica, vai selecionar 66 startups em um novo processo seletivo. Os projetos escolhidos poderão integrar os quatro espaços de “crowdworking” criados pela companhia em parceria com instituições de ensino e outras empresas.

As inscrições vão até 5 de junho e devem ser feitas pelo site do chamamento. Os projetos devem ter foco em internet das coisas, soluções digitais para telecomunicações, agronegócio inteligente, big data, inteligência artificial, End to End, cidades inteligentes e nuvem.

Os espaços de crowdworking que fazem parte da convocatória são: Crowd Facens Sorocaba, que fica no Centro de Empreendedorismo da Faculdade de Engenharia de Sorocaba (15 vagas); Crowd Londrina, instalado na Universidade Estadual de Londrina em parceria com o Sebrae-Paraná (20 startups); Crowd Rio, em parceria com o Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (16 projetos); e Crowd Vale da Eletrônica, instalado no Instituto Nacional de Telecomunicações, de Santa Rita do Sapucaí (MG), em parceria com a Ericsson (15 vagas).

Cada crowd dará suporte técnico e mentoria para o desenvolvimento dos projetos. Os empreendedores passarão por capacitações, workshops, eventos e encontros. Também vão conhecer investidores. Depois de passar pelo crowd, o empreendedor poderá pleitear novo apoio junto ao Open Future, por meio da Wayra, que investe em startups de alto impacto e que possam fazer negócios com a Vivo. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Anatel decide não rever o saldo do PGMU, e teles vão gastar mais R$ 3,7 bi na concessão
Próximos Anatel volta atrás e nega TAC da Unify