Telefónica não pode usar marca Speedy na Colômbia


Diferentemente do brand do serviço de banda larga que usa na Espanha, Perú, Argentina e Brasil, a operadora não poderá fazer o mesmo no mercado colombiano. A solicitação da empresa para o registro da marca foi negada pela terceira vez pela Superintêndencia da Indústria e Comércio, devido à sua semelhante com o nome "Espeed", já …

Diferentemente do brand do serviço de banda larga que usa na Espanha, Perú, Argentina e Brasil, a operadora não poderá fazer o mesmo no mercado colombiano. A solicitação da empresa para o registro da marca foi negada pela terceira vez pela Superintêndencia da Indústria e Comércio, devido à sua semelhante com o nome "Espeed", já concedido a uma companhia do setor de telecomunicações. Desde que a Telefónica assumiu o controle da Colombia Telecomunicaciones (Telecom), em abril de 2006, seus serviços de banda larga vêm sendo oferecidos com a marca "Internet Telecom". A empresa espanhola ainda pode recorrer a outras duas instâncias para tentar conseguir o nome. (Convergencialatina)

Anterior Scartezini sai da Nortel
Próximos Siemens será a fornecedora de plataforma IP para o Ministério do Planejamento