Telefónica lança Aura em seis países. No Brasil, está disponível no app Meu Vivo+


Resultado de seis anos de trabalho, que começam com o desenvolvimento da plataforma de big data, a Aura, assistente pessoal inteligente, promete transformar radicalmente a relação entre a operadora e seus usuários. Fala linguagem natural, preparada para responder perguntas dos assinantes sobre serviços, contas, mostrar faturas, fazer transações. Está sendo lançada primeiramente em seis países, em quatro línguas e por meio de três canais. É o primeiro assistente pessoal que usa inteligência cognitiva e linguagem natural de uma operadora de telecomunicações — várias empresas de tecnologia já contam com as suas — e foi desenvolvida para simplificar a vida dos usuários e permitir que se relacionem de forma simples com a empresa

IMG_20180225_145903Tal como prometido há um ano, a Telefónica lançou ontem, 25, na véspera da abertura oficial do WMC 2018, em Barcelona, a Aura, a assistente pessoal inteligente. que fala linguagem natural, que promete revolucionar a relação entre a operadora e seus clientes. A Aura é resultado de seis anos de desenvolvimento, que começam com a plataforma de big data, em 2012, e passam pela sua associação com as ferramentas de analytics e a tecnologia de inteligência cognitiva. Está sendo liberada em seis países — Argentina, Brasil, Chile, Alemanha, Espanha e Reino Unido —, em quatro línguas e em três canais, que variam segundo o país. Neste primeiro momento ela está disponível por meio de um aplicativo para o serviço móvel, e também por meio de canais de terceiros como Facebook, Google e Microsoft.

Ao fazer o lançamento da Aura, o CEO da Telefônica, José Maria Álvarez-Palette, disse que esse passo é decorrência do processo de digitalização profunda da companhia. “Hoje, somos uma empresa de plataformas inteligentes”, afirmou. Segundo ele, além de ser resultado do trabalho de centenas de pessoas, a Aura também é fruto de  parcerias importantes firmadas com Facebook e Microsoft para integrar plataformas com o objetivo de transformar a experiência dos clientes da Telefônica. Até o final do ano, a Microsoft, por exemplo, pretende integrar sua assistente pessoal Cortana à Aura. Gurpreet Singh Pall, diretor da Microsoft, disse que Cortana já tem 145 milhões de usuários ativos em 13 países e, desde o seu lançamento, já teve colocadas 12 bilhões de questões.

Chema Alonso, Chief Data Officer da Telefónica, destacou que “a Aura continuará crescendo com novas capacidades e IMG_20180225_150654transformará a forma como nos relacionamos com nossos clientes”. Ele lembrou que, desde 2012, a empresa investiu 56 bilhões de euros em uma infraestrutura de última geração, na integração de seus sistemas de TI e no desenvolvimento de novos produtos e serviços digitais. Essas plataformas digitalizadas permitiram à Telefónica desenvolver uma quarta plataforma com tecnologias de inteligência artificial incorporadas que armazenam de forma seguros dados. É nessa plataforma que Aura busca as informações solicitadas pelos clientes e dá a eles respostas em tempo real.

No Brasil

Para os clientes de telefonia móvel no Brasil, tanto pré quanto pós pagos, a Aura já está disponível. É só baixar o aplicativo MeuIMG_20180225_151341 Vivo +. Segundo Christian Gebara, COO da Vivo, ainda não há uma definição se a operadora brasileira vai tirar de cena a Vivi, a assistente pessoal lançada pela empresa no ano passado, ou se vai mantê-la paralelamente ã Aura. A diferença entre uma e outra é que a Aura é uma assistente pessoal mais avançada, com linguagem natural (a interação com a Vivi não é por meio da fala). Gebara explicou que a decisão vai ser tomada até o final de 2018: “Vamos avaliar a reação dos usuários e se há uma preferência em migrar para a Aura, ou se parte dos usuários da Vivi prefere se manter com esta assistente pessoal”, explicou.

Por enquanto, canais como o Facebook não estão disponíveis para a Aura no Brasil. Mas essa facilidade logo deverá ser agregada, segundo Gebara, pois a assistente pessoal Vivi já conta com a integração com o Messenger do Facebook. Nesta primeira fase do lançamento da Aura, a integração com o Messenger do Facebook está disponível para os clientes da Telefónica no Chile e na Alemanha, que podem incluir a assistente pessoal entre seus contatos e interagir com ela quando quiserem. Além disso, no Chile, ela se integrará com o serviço Safety Check do Facebook para ajudar os clientes da Telefónica a conectar-se com familiares e amigos em casos de desastres naturais como terremotos.

TV paga

Pela importância da base de assinantes de TV paga da Telefónica na Espanha, a operadora pretende lançara, no outono, o Movistar Home, um dispositivo que integrará todos os serviços de inteligência artificial de Aura. Com capacidade de centro de computação, o Movistar Home vai ser o ponto de gestão de todos os dispositivos da casa.

Na demonstração feita ontem, o Movistar Home, equipado com uma segunda tela, controla a iluminação da sala, o televisor e sua programação, é capaz de fazer chamada  e videochamadas pelo dispositivo da segunda tela, gravar recados, enviar recados gravados, etc. Falando com o Aura, o cliente pode ligar um canal, trocar de canal, programar uma gravação.

Com a assistente pessoal Aura, o cliente conta com um espaço pessoal para armazenar seus dados. “De forma segura”, disse Pallete, destacando que ele terá a possibilidade de controlar como os dados são utilizados. “A privacidade é um princípio básico”, insistiu. Ele anunciou ainda um acordo entre Telefónica, Deutsche Telecom, KPN e Orange de cooperação para portabilidade de dados dos clientes, que permita agregar valor aos clientes ao mesmo tempo em que protege sua privacidade. Segundo a empresa, esse acordo, ao longo de 2018, se estenderá a outras operadoras para que se possa estabelecer as bases de um novo ecossistema global de portabilidade de dados.

Anterior Lucro da Algar Telecom aumenta 10,8% no 4º trimestre
Próximos Teles buscam construir futuro com os clientes

2 Comments

  1. José de paulo silva
    26 de Fevereiro de 2018

    Boa noite, se for para o bem de todos todo o esfosso é valido.

  2. Marcos
    27 de Fevereiro de 2018

    Prefiro falar com alguém de verdade