Telefónica e Telecom Italia devem entregar nesta quarta-feira ofertas melhores pela GVT


A disputa pela GVT continua acirrada entre as duas operadoras europeias. Conforme as agências de notícias internacionais, o presidente da Telefónica, Cesar Alierta, encontra-se hoje com o presidente da Vivendi, Vincent Bollore, para ampliar a oferta. Antes, a Telefónica havia oferecido 6,7 bilhões de euros (R$ 20 bilhões) e estaria ampliando a oferta para 8 bilhões de euros (R$ 24 bilhões). Nesta segunda oferta, a espanhola deve ampliar o pagamento em dinheiro. A proposta deve oferecer, também, a fatia de ao menos 12% no grupo criado com a fusão da GVT, além de ampliar a distribuição de seu conteúdo de televisão. 

A Telecom Italia, por sua vez, também deverá entregar a sua proposta à empresa francesa e já havia anunciado a oferta de  7 bilhões  de euros e participação acionária do grupo italiano entre 15% a 20%. A reunião do conselho de administração da Vivendi acontece no próximo dia 28, quando irá analisar as ofertas na mesa. A GVT detêm 12,7% do mercado de banda larga nacional e 9% da rede de telefonia fixa. A Telefônica tem market share de 18,4% em banda larga, atrás da América Móvil e da Oi. ATIM tem 1% de participação em banda larga fixa no Brasil.

PUBLICIDADE
Anterior Grupo Telmex e Telefônica disputam os maiores investimentos pelo REPNBL
Próximos Com SeAC, participação de conteúdo brasileiro sobe 18,8% na TV paga em 2013