Telefónica e Liberty Global negociam fusão da O2 com a Virgin na Inglaterra


A Telefónica comunicou hoje, 4, à Comisión Nacional del Mercado de Valores (CNMV) que pretende unir sua filial O2 com a Virgin Media, divisão de banda larga fixa e TV paga da Liberty Global no Reino Unido.

“A Telefónica informa que o processo iniciado por ambas as partes está em fase de negociação, não sendo possível garantir, nesta data, nem os termos precisos ou a probabilidade de sucesso”, diz à CNMV. A Liberty Global ainda não se manifestou.

PUBLICIDADE

Conforme a Bloomberg, o acordo entre as empresas pode resultar em uma operadora com receita anual de US$ 30 bilhões. Os rumores levaram as ações da Liberty a subirem 15% na sexta-feira, a maior valorização desde 2009.

A O2 possui 34 milhões de clientes de telefonia móvel no Reino Unido. A Telefónica já tentou vender a unidade, sem sucesso, há cinco anos. Mas o negócio foi barrado pela Ofcom, o regulador local, sob alegação de que a fusão da O2 com a Three UK geraria uma operadora com demasiado poder de mercado.

 

* Flávia Gonçalves é estagiária do Tele.Síntese

Anterior Regulamento do Open Banking é aprovado
Próximos Reversibilidade não recai sobre bens de controladas, defende Algar