Telefonia móvel já gera 52% da receita de telecom na América Latina


Buenos Aires – Os serviços de telefonia móvel já respondem por 52% das receitas de serviços no mercado de telecomunicações nos países da América Latina, superando a telefonia fixa, cuja participação representou 35% na receita total de servicos (US$ 117 bilhões), em 2007, segundo Romina Adduci, diretora de pesquisas e consultoria na Área de Telecomunicações …

Buenos Aires – Os serviços de telefonia móvel já respondem por 52% das receitas de serviços no mercado de telecomunicações nos países da América Latina, superando a telefonia fixa, cuja participação representou 35% na receita total de servicos (US$ 117 bilhões), em 2007, segundo Romina Adduci, diretora de pesquisas e consultoria na Área de Telecomunicações da IDC para a América Latina. Ela fez a apresentação em evento organizado pela Nokia, em Buenos Aires, para apresentar seus novos dispositivos Nokia E66 e Nokia E71, que trazem para o usuário funções otimizados para e-mail móvel.

"Os serviços móveis terão crescimento sustentável na America Latina", disse Romina, explicando que o seu crescimento está sendo fundamentalmente sustentado pelo acesso a recursos aplicáveis, tanto em âmbito pessoal como profissional. As soluções incluem desde e-mail, troca de mensagens, navegação pela Internet, até aplicações de negócios mais complexas, como CRM, ERP e automação de mão-de-obra.

Segundo a IDC, a mobilidade está crescendo na América Latina, tendência que continuará em alta na medida em que o usuário tenha mais acesso a dispositivos que atendam suas expectativas de recursos e a planos de serviços disponíveis que dêem a ele conectividade permanente a custos competitivos.

Novos modelos

A Nokia apresentou hoje dois novos dispositivos multimídia, o E71 e o E66, que foram otimizados para e-mail móvel, com facilidades tanto para o uso pessoal quanto profissional. Os novos modelos chegarão ao mercado brasileiro em setembro. O vice-presidente sênior da área de mobilidade empresarial da Nokia, David Petts, destacou que um dos diferenciais dos dois produtos é o modo de comutação, que permite alternar facilmente a tela principal entre pessoal e profissional.

Além da gestão do e-mail e da informação pessoal, o Nokia E71 e o Nokia E66 são compatíveis com os serviços de mapas, música e compartilhamento de conteúdos audiovisuais. Os usuários brasileiros que adquirirem um Nokia E71 ou Nokia E66 ganharão gratuitamente seis meses de licença de navegação GPS. David Petts estima que, em 2011, existirão 80 milhões de contas de emails móveis no mundo.

A jornalista viaja a convite da Nokia

Anterior TVA lança conversor HD e conta com Olimpíadas e Telefônica para ampliar vendas
Próximos Embratel nega pedido para barrar fusão BrT/Oi