Telefonia continua a liderar tentativas de fraudes em janeiro


As tentativas de fraude aumentaram 8,2% janeiro na comparação anual, mas recuaram 2% ante os registros de dezembro de 2013, segundo dados divulgados nesta terça-feira (25) pela Serasa Experian. Foram 186.549 casos no mês, sendo 84.310 ou 45,2% relacionados à telefonia. Esse setor apresentou alta de 42% na comparação anual.

O Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraudes – Consumidor mede ações conhecidas como roubo de identidade, em que dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou mesmo obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos. Os números divulgados hoje representam uma tentativa de fraude a cada 14,4 segundos no país.

O setor de serviços – que inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras e serviços em geral (salões de beleza, pacotes turísticos, etc.) – teve 51.517 registros, equivalente a 27,6% do total. No mesmo período no ano passado, este setor respondeu por 30,7% das ocorrências.

O setor bancário é o terceiro do ranking de registros em janeiro de 2014, com 33.734 tentativas, 18,1% do total. No mesmo período de 2013, o setor respondeu por 17.7% dos casos.
 

O segmento varejo teve 13.531 mil tentativas de fraude, registrando 7,3% das investidas contra o consumidor em janeiro de 2014, queda em relação aos 7,9% observados em janeiro de 2013. O ranking de tentativas de fraude de janeiro de 2014 é composto ainda por demais segmentos (1,9%).

(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior MWC: Brasil firma acordo internacional para reduzir spams e celulares roubados
Próximos MWC - Bernardo avisa: Google não pode tratar os países como paraísos fiscais