Telecomunicações terão mais apoio do BNDES, diz Coutinho


O novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse ontem, 2, durante sua posse na pasta, que o banco terá presença ativa em alguns setores da economia para sua rápida expansão . Entre eles, os serviços de comunicações (imprensa, Internet, TV e radiodifusão) e os serviços de telecomunicações (em …

O novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse ontem, 2, durante sua posse na pasta, que o banco terá presença ativa em alguns setores da economia para sua rápida expansão . Entre eles, os serviços de comunicações (imprensa, Internet, TV e radiodifusão) e os serviços de telecomunicações (em processo acelerado de convergência com outras mídias).

Coutinho ressaltou que o país avançou pouco, no conjunto mais dinâmico das cadeias manufatureiras, aquelas pertencentes ao complexo das tecnologias de informação e de comunicações. O presidente salientou que essas cadeias, cujas taxas de crescimento são duas vezes e meia superiores à média internacional representam apenas 5,5% do valor agregado da indústria brasileira, em contraposição a uma ponderação média (dados de 2005) de 27,5% no valor agregado da indústria dos países desenvolvidos.

Coutinho disse que não há dúvida de que, nesse campo, o Brasil marcou passo, enquanto as economias asiáticas em desenvolvimento avançaram celeremente na manufatura e na exportação de bens e serviços associados às tecnologias de informação e de comunicações. Segundo o presidente, isso explica, em larga medida, o peso crescente e o sucesso dessas economias no comércio mundial de manufaturas desde o início dos anos 90.

(Da Redação)

Anterior "Antes da anuência da Anatel, nada pode se concretizar," afirma Leite.
Próximos Sercomtel contrata backbone da Impsat