Telecom sela paz com governo argentino


A exemplo do que aconteceu com a Telefónica, a Telecom, outra grande operadora fixa da Argentina, também vai assinar, na próxima segunda-feira, um acordo com o governo do país vizinho a fim de renegociar seu contrato de concessão. Segundo jornais argentinos, a “paz” entre as duas partes possibilitará aumentos de tarifas (congeladas desde 2002 em …

A exemplo do que aconteceu com a Telefónica, a Telecom, outra grande operadora fixa da Argentina, também vai assinar, na próxima segunda-feira, um acordo com o governo do país vizinho a fim de renegociar seu contrato de concessão. Segundo jornais argentinos, a “paz” entre as duas partes possibilitará aumentos de tarifas (congeladas desde 2002 em virtude da crise) e investimentos internacionais na ordem de US$ 300 milhões. Além disso, a suspensão de um processo internacional, movido pela acionista minoritária France Telecom  (a majoritária é a italiana TIM). A Telefônica também tinha um processo do tipo, no valor de US$ 2,8 bilhões.  No mês passado, após assinar uma carta de intenções com o governo Kirchner, a demanda foi suspensa. Além disso, a operadora se comprometeu a investir 280 milhões de euros no país, ao longo de 2006. (Da Redação)

Anterior Nextel Brasil tem receita de US$ 117 milhões no 4T05
Próximos Conversão pulso-minuto gera confusão na Colômbia