Telecom precisa de segurança jurídica e regulatória



Para o executivo, o decreto 10.402/20, que autorizou a renovação sucessiva e onerosa das frequências de celular foi importante para preservar os investimentos no setor. “Imagina se uma operador perdesse o espectro em curto espaço de tempo, não teríamos mais condições técnicas de atender os nossos milhões de clientes”, afirmou.

PUBLICIDADE
Anterior Bolsonaro admite vetar PL das Fake News, se passar na Câmara
Próximos Fundo Aeroespacial investe na Kryptus