Telecom Italia vai juntar data centers em uma empresa e abrir seu capital


 

A Telecom Italia, dona da TIM Brasil, planeja mudanças estruturais em sua operação na Europa. A companhia vai reunir seus 23 data centers em uma empresa independente e abrir o capital até o final de 2020, a fim de levantar ao menos € 1 bilhão, conforme o site Bloomberg.

Modelo semelhante foi implementado em 2015 na criação da Inwit, braço do grupo que administra infraestrutura móvel, e que tem 40% do capital negociado na bolsa.

Embora pretenda vender as ações da nova empresa do grupo na bolsa, o controle continuará nas mãos da Telecom Italia. Com a estratégia, pretende reduzir o endividamento total do grupo, que soma € 29 bilhões.

Os rumos da empresa italiana são alvo de disputa entre a Vivendi, maior acionista individual, o grupo norte-americano Elliott, e o governo do país. O CEO Luigi Gubitosi assumiu ano passado o comando da companhia, para pacificar os ânimos. Mas ainda não se sabe se conseguiu. Em setembro, Fulvio Conti, presidente do conselho, renunciou ao cargo. Na ocasião, justificou a saída por ter alcançado seus objetivos de harmonizar o board.

Anterior Desequilíbrio da concessão deve entrar no encontro de contas da nova lei de telecom
Próximos OCDE propõe tributação de empresas digitais nos mercados onde geram lucros

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *