Telecom Italia prorroga prazo para governo argentino decidir sobre venda de operadora


A Telecom Italia resolveu estender por mais 25 dias o prazo para que o governo argentino se manifesta sobre a venda de sua operadora de celular para o grupo mexicano Fintech Group. A venda anunciada em novembro do ano passado pelo valor de US$ 960 milhões precisa ter o aval da Secretaria de Comunicação e agência da concorrência argentinos.

Essa venda faz parte da estratégia do CEO da Telecom Italia, Marco Patuano, que está na direção da empresa há um ano, e tem que administrar uma dívida de 27,4 bilhões de euros (ou US$ 36 bilhões) , que excedia em junho o valor de mercado da empresa. A  dívida já caiu para a categoria “lixo” pela Standard&Poor’s e Moody’s.

O grupo mexicano vai comprar 68% da holding que controla a Telecom Argentina por US$ 860 milhões em dinheiro e US$ 100 milhões sob a forma de serviços técnicos.  (Com agências internacionais).

Anterior Gemalto encerra o semestre com receitas de 1,13 bilhão de euros
Próximos Europa deve dedicar 700 MHz para banda larga móvel só em 2020