Telecom Italia faz assembleia sem conflito


nova marca TIMCom a substituição dos conselheiros da Vivendi afastada da pauta por decisão judicial, a Assembleia Geral Ordinária da Telecom Italia realizada hoje, 24, em Milão, transcorreu sem nenhum conflito. Sob a presidência de Franco Bernabé, com a presença de 65,94% do capital ordinário da companhia, confirmou a nomeação do presidente Amos Genish, aprovou as demonstrações financeiras de 2017, o plano de incentivo da companhia, o novo conselho fiscal e os auditores internos.

Mas o embate de substituição dos seis conselheiros representantes do sócio francês da operadora italiana, proposto por Elliott International LP e Liverpool Limited Partnership, está longe do fim. Isso porque no dia 4 de maio acontecerá outra assembleia quando será renovado o mandato de todos os diretores. Investidor recente na Telecom Italia, o fundo estadunidense Elliott vem questionando a administração dos executivos da Vivendi.

De acordo com comunicado distribuído pela assessoria da Telecom Italia, os resultados financeiros de 2017 aprovados pela AGO incluem a distribuição de dividendos de 2,75 cents por ação que serão distribuídos a partir de 20 de junho.

Anterior AT&T, Verizon e GSMA investigadas nos EUA por conluio no eSIM
Próximos CCT do Senado marca audiência pública sobre PLC 79