Telecom Italia dá pontapé inicial à separação estrutural de ativos


TeleSintese-Conexao-rede-abstrata-Fotolia_143312309

A Telecom Itália notificou a AGcom, reguladora do mercado italiano de telecomunicações, sobre o início da separação estrutural do negócio de redes de acesso do restante da companhia. A medida atende a pressões do governo, que queria evitar a interferência de empresas estrangeiras sobre ativos estratégicos de comunicações.

De acordo com o comunicado, a Telecom Italia decidiu fazer a separação de da infraestrutura de rede de acesso de maneira voluntária. A empresa que surgirá será 100% controlada pela Telecom Italia. A rede poderá ser usada por concorrentes, que terão o direito de adquirir capacidade no atacado, inclusive a própria TIM. A nova empresa se chamará, por enquanto, NetCo.

O comunicado ainda não revela, no entanto, o perímetro de rede que será separado, nem quanto tempo o processo levará. Além do acesso na casa dos clientes, a NetCo será dona de todos os equipamentos eletrônicos e edifícios usados para funcionamento da rede. Também terá recursos humanos próprios, separados dos contratados pela Telecom Italia (dona da TIM Brasil).

Anterior Mercado de TI no Brasil cresce abaixo da média mundial em 2017
Próximos Galaxy S9 custará a partir de R$ 4,3 mil