Telecom Italia confirma saída do CEO Marco Patuano


Depois de fortes rumores no final de semana, de que o presidente da Telecom Italia, controladora da TIM Brasil, Marco Patuano, teria pedido demissão do cargo, hoje, 21, a empresa divulgou comunicado ao mercado de que está em negociações avançadas sobre os termos de saída de seu principal executivo.

 (foto:divulgação)
(foto:divulgação)

Conforme as agências internacionais, Patuano estava há algum tempo em rota de colisão com os novos controladores da operadora italiana, a francesa Vivendi. E, a partir de dezembro do ano passado,  quando a operadora francesa ampliou seu poder de mando nas operações – indicando quatro novos integrantes para o conselho de administração – além de ter, recentemente, ficado com 24,9% do total das ações de controle da Telecom Italia os conflitos aumentaram.

A Vivendi quer corte de custos maiores e mais acelerados, além de ter outra estratégia para a empresa – mais focada em conteúdos e menos em infraestrutura.

O comunicado da Telecom Italia não informa oficialmente quem ficará no lugar de Patuano, mas presidente da Telecom Italia, Giuseppe Recchi, deverá  assumir a função de CEO interinamente.

TIM Brasil

Com a saída de Patuano  deverão aumentar as especulações sobre a TIM Brasil. O executivo era um dos que defendiam a forte sinergia entre as duas empresas. Já o grupo Vivendi está cada vez mais focado em se tornar um conglomerado de produção de conteúdo digital, voltado para os mercados mais ricos do planeta. Poderá fazer caixa rápido com o ativo brasileiro e deixar a única operação que ainda possui na América Latina, para se concentrar nos mercados europeu e norte-americano.

Anterior Rapiddo e 99Motos anunciam fusão
Próximos Anatel esclarece: vai estudar números telefônicos para comunicação de dados