Telebras vai integrar rede de fibras no Amazonas


A Telebras firmou na quarta-feira (27) um Termo de Cooperação com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas, Odenildo Sena, para trabalhar em conjunto na execução de projetos visando a integração das redes de fibra óptica no estado.

A iniciativa visa a implementação do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e fornecimento de conexão de alta velocidade às instituições da rede corporativo de órgãos do Governo Federal no estado, além de prover infraestrutura de telecomunicações para a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014.

O secretário classificou a ação como estratégica, uma vez que o Amazonas enfrenta grandes dificuldades de transporte devido às características ambientais. A rede de fibra óptica, por sua vez, pode tornar possível a conexão de hospitais, escolas e postos de saúde. “Imagine um médico da capital poder orientar à distância um enfermeiro durante uma emergência, pois está vendo o paciente, a situação, e interagindo na hora. É o primeiro ‘pé’ da Telebras no Amazonas. Isso vai promover uma revolução no Estado”, comemorou.

A primeira ação, envolvendo a Telebras e a empresa de Processamento de Dados da Amazônia (Prodam), será interligar o município de Coari, localizado no interior do Amazonas e considerada uma das cidades mais ricas da Região Norte, à capital, Manaus. Ao longo desse trecho, seis municípios também serão beneficiados pela rede de fibras ópticas, que usará o gasoduto da Petrobras.

Bonilha ainda ressaltou o empenho do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, ao destinar uma verba específica a ser aplicada no desenvolvimento das telecomunicações no estado amazonense. “Estamos cumprindo com as nossas obrigações com a Região Norte”, afirmou o presidente da Telebras.

RNP

A Telebras também assinou o segundo plano de trabalho com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) para o compartilhamento de infraestrutura óptica, levando internet de alta velocidade às universidades, centros de pesquisa e institutos federais de educação de todo o país. (da Assessoria de imprensa)

Anterior Nova portaria interna completa normas da jornada de trabalho na Anatel
Próximos Anatel prorroga consulta pública do seu regimento interno