Telebras só acionou mil novos pontos de banda larga este ano


A Telebras instalou 11 mil conexões de banda largar KA nas escolas até dezembro do ano passado. Este ano, no balanço apresentado hoje,23, por seu presidente, foram conectados apenas mil escolas e 300 unidades de saúde. A meta são 50 mil pontos.

O presidente da Telebras, coronel Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, ao discursar hoje, 23, na solenidade de inauguração do Centro de Operações Espaciais, em Brasília, sobre o desempenho do satélite da estatal, afirmou que até dezembro de 2019 foram instalados 11 mil pontos de conexão de internet em banda larga. Os números de instalações deste ano, no entanto, foram somados, em seu discurso, ao montante do ano passado, o que leva a compreensão de terem sido instalados apenas mais 1 mil pontos nas escolas e outros 300 para as unidades de saúde nos primeiros seis meses de 2020. Números ainda muito distantes dos 50 mil projetados inicialmente.

Disse ele: ” O principal objetivo deste projeto é fornecer internet banda KA para todo o Brasil e em locais mais remotos; e Banda X, para o atendimento a projetos militares, estratégicos e de defesa nacional. ….No início desse governo a empresa possuía pouco mais de uma dezena de pontos satelitais instalados, ações judiciais travavam a sua instalação. Após uma renegociação com a empresa parceira, a ViaSat, tendo em vista que o tempo de vida do satélite é limitado, fechamos o ano de 2019 com 11 mil pontos instalados e um expressivo número de 3 milhões de alunos conectados”.

PUBLICIDADE

Ao continuar a discursar, o coronel completou:

” O mundo hoje,  mais do que nunca, está conectado. E a Telebras já instalou internet banda larga em 300 unidades de saúde. E está em condições de atender pontos que forem necessários. O SGDC também ajudou os rumos da Telebras. Em 18 meses, a Telebras, a quadruplicou sua oferta de internet, passando de 3 mil para 12 mil pontos”….

Pontes

Em entrevista aos jornalistas após a solenidade o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, que agora não tem mais a estatal sob a sua pasta, voltou a dizer que a empresa continua a operar normalmente e que os estudos para a sua privatização serão feitos “com muito cuidado”. A empresa já foi enquadrada como “dependente da União”, o que retira a sua autonomia financeira.

 

Anterior Live do Tele.Síntese discute relacionamento digital dia 29/6
Próximos Depois do BC, Cade também suspende WhatsApp Pay por medida cautelar